EstratégiaMarketingRedes Sociais

4 dicas de como elaborar estratégia para redes sociais

0
4 passos para elaborar estratégia para redes sociais

Se tratando de marketing digital, ter uma estratégia para redes sociais é o arroz com feijão… é fundamental, tem que ter.

Isso porque, a estratégia entra como base, ela é o alicerce que vai sustentar todos os seus resultados. Justamente por isso, precisa ser forte e muito bem feita.

Essa etapa é uma das maiores dificuldades para muita gente. E, não é à toa!

Elaborar uma estratégia para redes sociais envolve uma série de análises e decisões importantes! Não é algo que possa ser feito sem algum conhecimento de marketing e, claro, da marca que se quer promover.

Mas, calma! O objetivo aqui não é te desesperar, muito pelo contrário!

Aqui vai 4 dicas chaves para que você possa usar na construção de uma boa estratégia para suas redes sociais.

Então vamos lá!

1º Passo: Defina seus objetivos de forma estratégica

Comece pensando quais objetivos você quer alcançar no negócio, isso é realmente muito importante.

Porque é a partir daí que as metas vão sendo desenhadas para chegar aos resultados esperados pela marca como um todo.

O ideal aqui é listar as questões mais importantes à serem resolvidas e eleger o que deve entrar como ordem de prioridade. Por exemplo, é possível que uma marca queira uma participação mais abrangente no mercado. Mas isso é bem amplo!

O que ela pode fazer com marketing para chegar nisso pode envolver:

  • Fazer uma boa segmentação de público
  • Otimizar a produção de conteúdo estratégico para as redes sociais
  • Trabalhar ações conjuntas de tráfego pago com orgânico
  • Aumentar as vendas

Qualquer que seja o objetivo maior, ele deve estar alinhado à estratégia organizacional e, claro, com as ações distribuídas em etapas, como:

  • Para que haja uma boa segmentação de público, você pode começar desenvolvendo e definindo a sua persona.
  • Criar uma linha editoral para as redes sociais costuma trazer mais clareza na hora de pautar os assuntos que vão ser publicados.
  • Para aumentar vendas, podemos gerar leads a partir das redes sociais
  • Ter uma linha editoral eficiente ajuda bastante na otimização do seu conteúdo.
  • O trabalho em conjunto do tráfego orgânico reforça o conteúdo que está sendo distribuído, enquanto o pago, conduz o usuário à uma segunda ação: ir para o site, blog, etc.

Esses são alguns exemplos básicos, mas existem inúmeras outras possibilidades táticas e de comunicação nas redes sociais.

2º Passo: Observe as tendências de marketing digital 

É muito comum que todo ano apareçam as tendências que de certo modo, impactam e influenciam as estratégias de marketing e quando o assunto é redes sociais, isso é ainda mais importante.

Acompanhá-las é o essencial para analisar como – e se vale a pena – trazer esses recursos para a estratégia, de acordo com os canais em que a marca está presente.

Dessa maneira, é possível priorizar aquelas que realmente fazem sentido.

3º Passo: Criação de estratégias e conteúdos voltados para micromomentos

São situações específicas da jornada de compra, nas quais o consumidor busca informações na internet.

Existem quatro principais: eu quero saber, ir, fazer e comprar.

Com o uso dos dispositivos móveis cada vez maior, é natural que esses “micromomentos” se intensifiquem a cada tomada de decisão.

Para sua estratégia, sempre vale pensar em como ou de que forma a marca pode ser capaz de saciar essa necessidade e atingir um maior número de usuários.

4º Passo: Utilize insights e dados para definir formatos e frequência ideal

As ações apresentadas até aqui dependem de dados e informações precisas, que direcionarão suas estratégias de comunicação nas redes sociais. A partir dos números, você obtém insights relevantes, como:

  • gênero e a faixa etária do público que curte suas fanpages (páginas);
  • total de interações obtido no período analisado;
  • os termos mais buscados na internet;
  • quantidade de novos usuários etc.

O mais interessante disso é que, esses dados fornecem informações importantes para usar em diversas etapas da sua estratégia, como é o caso das indicações dos melhores dias e horários para postar, e sempre de acordo com o comportamento da audiência da sua marca.

Joyce Torquato
⭕ Founder estudiobzk® Especialista em Marketing & Vendas

Funil de Vendas: O que é e como funciona?

Artigo anterior

Vende para empresas? Saiba como definir o perfil de empresa ideal

Próximo artigo

Você pode gostar

Comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em Estratégia