Redes Sociais

Redes sociais: como escolher as melhores para o seu negócio

0

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto QualiBest, revelou que 62% dos brasileiros já compraram na internet por meio das redes sociais, o que comprova a necessidade de estar onde seu público está.

Inclusive, utilizando as redes sociais em suas estratégias de comunicação é possível trabalhar ações essenciais para o seu negócio, como educar o mercado, aumentar a visibilidade da marca, construir relações com parceiros estratégicos, atrair novos clientes, fidelizar ou mesmo reter, – são apenas alguns dos diversos objetivos que podem ser alcançados por meio das redes sociais.

Entretanto, para que se tenha resultados satisfatórios é necessário levar em consideração que a rede social escolhida seja, de fato, o canal que se concentra o maior número de pessoas que corresponda ao perfil da sua persona.

Além disso, é importante lembrar que cada rede social tem seu próprio sistema de funcionamento e estilo de comunicação, portanto, sempre considere esses fatores ao elaborar sua estratégia de marketing digital e eleger as mídias de divulgação de sua empresa.

Abaixo, listamos algumas das principais redes sociais utilizadas no Brasil para as empresas e suas características para te ajudar a escolher.

1. LinkedIn

Uma das redes sociais desenvolvidas especialmente para as empresas.

No LinkedIn é possível ter um perfil para o negócio, assim como no Facebook, mas com algumas diferenças, como por exemplo a possibilidade de gerar relacionamentos mais consistentes é maior.

Desde o início de sua criação, o networking é objetivo central da plataforma.
Por isso, desenvolver parcerias e até mesmo encontrar investidores em potencial é mais viável pelo LinkedIn.

Essa rede também possibilita o compartilhamento de textos, vídeos e imagens, e esses recursos são excelentes para estabelecer um relacionamento da empresa com o público e gerar maior visibilidade para a sua marca.

2. Facebook

O Facebook (Meta) é outra das redes sociais altamente sugerido para a divulgação que você deve considerar.

Por meio da fanpage (página), é possível conquistar engajamento e interação. Para tanto, recomendamos que suas postagens ofereçam conteúdos atraentes — mesclando imagens, vídeos e textos.

Os compartilhamentos e curtidas podem gerar leads para o seu negócio, levando pessoas que nunca ouviram falar de sua empresa ao conhecimento da sua marca.

Para aqueles que têm dúvida se, atualmente, vale a pena investir no Facebook — dada a popularidade de outras redes sociais, mais recentes —, recomendamos que a decisão seja fundamentada em dados.

Ou seja, se você avaliar que uma página no Facebook não é ideal para sua empresa, levando em conta seu público e produtos e serviços que oferece, não há problema algum. Direcione seu marketing digital para plataformas mais adequadas.

Porém, não tome essa decisão baseado em “achismos”. Utilize dados de pesquisas de fontes confiáveis para te ajudar a tomar decisões mais assertivas.

3. Instagram

O Instagram é uma das redes sociais que mais cresce no mundo.

Nessa rede, é possível fazer publicações em vídeos, imagens acompanhados de textos e, por meio das hashtags, tornar o seu conteúdo facilmente encontrado por aqueles que se interessam pela informação que está oferecendo.

Além disso, é possível usar o Instagram como ferramenta para criar diferentes tipos de estratégia para atrair, converter e reter público.

Tanto o crescimento quanto a diversidade de recursos (periodicamente atualizados) fazem do Instagram uma das principais escolhas das empresas que buscam redes sociais para divulgação.

4. YouTube

Essa é uma das redes sociais mais importante para gerar visualizações para uma marca.

Esqueça a palavra vídeo quando for falar no YouTube como ferramenta no marketing digital. O que esse meio oferece é conteúdo — que, se bem produzido (levando-se em conta o seu público) pode levar à interação e até à monetização, quando há anúncios presentes.

5. Twitter

Quando se fala em redes sociais para a divulgação, não esqueça de incluir o Twitter.

É uma plataforma conhecida como um microblog e, a princípio aceitava conteúdos com o limite de 140 caracteres, mas depois de passar por uma atualização, agora, o número máximo de caracteres por tweet (postagem) aumentou para 280.

Se você não está ciente da relevância dessa rede, talvez se surpreenda ao saber que a maior parte das notícias no mundo começa por aquilo que “bomba” no Twitter.

A plataforma é ideal para quem deseja atualizações rápidas, oferecendo recursos de pesquisa que permitem acesso aos principais assuntos do momento. Nos Trending Topics é possível acessar os assuntos de maior visibilidade no Brasil e no mundo.

Em relação aos negócios, o tipo de interação proporcionada pelo Twitter pode otimizar o relacionamento com seus seguidores e clientes.

Além disso, os usuário da rede podem fazer perguntas, mencionar sua empresa, como também fazer elogios e críticas.

Se for bem utilizado, o Twitter pode estar entre as mais importantes redes sociais para vendas, principalmente no relacionamento antes e após a compra de um produto ou serviço.

6. WhatsApp

O WhatsApp é a rede social de mensagens instantâneas mais popular entre os brasileiros: a grande maioria das pessoas que tem um smartphone também tem o aplicativo instalado.

Inclusive, para muitos brasileiros, o WhatsApp é “a internet”. Algumas operadoras permitem o uso ilimitado do aplicativo, sem debitar do consumo do pacote de dados. Por isso, muita gente se informa através dele. Uma estimativa bem realista aponta que 120 milhões de brasileiros tenham conta no Whats.

E como usar o WhatsApp para divulgar e aprimorar a comunicação da empresa?

Antes de iniciar qualquer ação, sugerimos que você peça autorização do cliente para receber o seu conteúdo. Seus contatos podem ser segmentados por preferência e mensagens específicas podem ser encaminhadas de acordo com cada etapa da estratégia.

Um outro recurso bastante interessante na rede social é a possibilidade de integrar uma ferramenta de chatbot ao WhatsApp — o que pode agilizar bastante a comunicação com clientes em certos momentos, como o caso de estar fora do horário de expediente e feriados por exemplo.

Além disso, é sempre importante considerar os dados como pontos chaves da sua estratégia de comunicação e essa em especial, os índices mostram o seguinte:

  • 54dos usuários preferem rastrear atualizações de pedidos e entregas por meio do WhatsApp.
  • 39% dos usuários afirmam que o WhatsApp é seu canal favorito quando necessitam de atendimento ao cliente.
  • 23% dos usuários do WhatsApp utilizam o aplicativo para receber ofertas promocionais.
  • Enquanto a taxa de abertura de e-mails e SMS é de 21,33%, o WhatsApp atinge a impressionante marca de 98% de taxa de abertura — um dado, sem dúvida, bastante relevante.

Redes sociais: uso consciente

Vale lembrar que é importante que as redes sociais utilizadas pela empresa tenham coerência entre si e que haja constância na produção e distribuição de conteúdo.

Joyce Torquato
⭕ Founder estudiobzk® Especialista em Marketing & Vendas

Qual a diferença entre audiência, público alvo, persona, lead e cliente?

Artigo anterior

Funil de Vendas: O que é e como funciona?

Próximo artigo

Você pode gostar

Comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.